18 maio 2017

[Resenha] Eva





Título: Eva
Autor: William P. Young
Editora: Arqueiro


Resenha:
Olá pessoal, tudo bem? Não sei se vocês se assistiram ao filme ‘A cabana’ e nem se leram o livro (deixem nos comentários), mas confesso para vocês que nunca tive interesse em ler ‘A cabana’, mas com o sucesso do filme e com algumas polêmicas que voltaram à tona me senti na obrigação de ler para ter meus próprios argumentos. E foi na busca do livro ‘A cabana’, que achei este livro do mesmo autor.

Inicialmente o livro me pareceu um tanto quanto estranho e ofensivo a aquilo que realmente está escrito na bíblia, pensei até em parar de ler no segundo capítulo, porém, resolvi ler até o final para ter conclusões completas sobre a obra.

O autor nos trás a história de Lilly, ela foi encontrada por John quase morta em um navio. John havia sido avisado da sua chegada, algo profético. O estranho de tudo é que o navio em que Lilly estava foi parar em outro mundo literalmente. O navio de Lilly não foi parar no outro mundo por acaso, ela havia sido escolhida por Deus para presenciar a criação. Vocês podem pensar: Como assim testemunhar a criação? Isso mesmo querido, ela foi escolhida para testemunhar desde o big bang até o momento em que Adão e Eva foram expulsos do Éden. 

John, aquele que havia encontrado Lilly no navio, é um curador. Ele foi responsável pelo acompanhamento da Lilly e cura da mesma. Durante a estadia da Lilly no outro mundo, ela teve sonhos que a levava verdadeiramente para o momento da criação. Após testemunhar esses momentos, os guardiões a levavam para uma sala em que ela poderia armazenar tudo o que presenciou e eles ficavam maravilhados com tudo o que ela via.

Porém Lilly não foi escolhida simplesmente para presenciar a criação e ser testemunha que tudo realmente aconteceu para contar ao mundo em que vivemos, ela foi escolhida por Deus para que ela também fosse curada. Lilly era filha de uma viciada em drogas e que a prostituiu desde a infância, testemunhar a criação fez com que Lilly confiasse mais em Deus.

Quando comprei este livro tinha outras expectativas sobre o mesmo. Quase tudo o que a Lilly presenciou é algo fictício, que vem da imaginação do autor uma vez que não está escrito da bíblia, esse foi o meu motivo de querer parar a leitura nos primeiros capítulos, porque muito do que estava escrito no livro não era verdade, isso pode vir a fazer com que pessoas que não tem conhecimento bíblico acreditem em tudo aquilo que o autor escreveu. Como por exemplo, o autor disse que Deus expulsou somente Adão do éden e que foi escolha de Eva sair um tempo depois porque ficou sem Adão. O autor também trás que Maria, mãe de Jesus, esteve com Eva, mas isso é impossível porque foram em épocas completamente diferentes.

Enfim, como uma história fictícia ela é muito boa, eu fiquei muito agoniada para terminar essa leitura porque eu queria saber como o autor iria concluir tudo aquilo que ele havia criado no começo do livro. Mas como um livro que acrescente algo bíblico para minha vida, eu não aprovo, a não ser pelo fato que eu tive que buscar argumentos bíblicos para mostrar a mim mesma que aquilo que o autor havia escrito não era verdade ou que não estava na bíblia.

Eu recomendo a leitura para aquelas pessoas que tem um conhecimento bíblico e que querem criar seus próprios argumentos sobre a obra, e recomendo também para aquelas pessoas que não tem um conhecimento tão grande bíblico, mas que querem usar esse livro como uma forma de entender mais a bíblia porque fará a leitura do livro Eva e da bíblia. Se vocês já leram este livro ou algum outro livro do autor, deixem aqui nos comentários suas impressões.


Beijos

07 maio 2017

[Resenha] Dias Melhores Virão



Título: Dias Melhores Virão
Autora: Max Lucado
Editora: Thomas Nelson Brasil


Resenha:

Este é mais um livro do escritor cristão Max Lucado, autor de mais de 70 livros, com 125 milhões de livros vendidos no mundo e pastor na igreja Oak Hills em San Antonio, Texas (EUA).

Este livro é dividido em oito capítulos, onde em cada um deles Max mostra que Deus está presente em todas as situações das nossas vidas, sendo elas boas ou ruins Ele se faz presente porque tudo tem seu objetivo.

No primeiro capítulo o autor inicia com a pergunta: Onde está Deus? Quando tudo dá errado...Mas o autor nos lembra de um versículo muito lindo que pode ser muito reconfortante:

Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor.
Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos. (Isaías 55:8-9)

No segundo capítulo o autor fala do amor de Deus, porque muitas vezes nos desesperamos com as situações difíceis da vida e nos esquecemos que Deus está lá no seu alto e sublime trono cuidando de tudo, antes que houvesse ou que existisse qualquer coisa Ele já era Deus. As vezes, nós precisamos aprender a confiar mais.

Aquele que não poupou seu próprio Filho, - mas o entregou por todos nós, - como não nos dará juntamente com Ele, e de graça, todas as coisas? (Romanos 8:32)

Enfim, não irei aqui resumir todos os capítulos porque acabaria perdendo a graça e o interessante é que vocês façam a leitura do livro. Mas o autor trás temáticas que são pensamentos e questionamentos diários nossos, e para explicar e mostrar a presença de Deus em cada uma dessas situações ele trás relatos bíblicos da vida de Jó, Daví, Moisés...

A leitura desse livro foi bem tranquila pra mim, porque ele é um livro curto e de fácil entendimento. O engraçado é que ao longo da leitura foram acontecendo situações na minha vida que me fizeram lembrar no que eu estava lendo e a ter mais fé, persistência e confiança em Deus.

Essa foi uma resenha curta porque é um livro pequeno, mas tentei da melhor forma trazê-lo para vocês. Espero que tenham gostado. Deixem nos comentários se já leram ou gostariam de ler algum livro do Max Lucado.






28 abril 2017

[Diversos] Top Five dos filmes gospel

E aí galerinha, como vocês estão?
Meu esposo e eu temos alguns hobbies e um deles é assistir filmes.  Sei que filmes Gospel sofrem certo preconceito, admito que realmente já assisti alguns filmes que não foram o que esperei, mas isso acontece com todos os gêneros: terror, comédia, romance etc.
Foi pensando nisso que resolvi trazer para vocês indicações de filmes evangélicos que já assisti e aprovei, cinco filmes realmente muito bons! Espero que vocês gostem e assistam. E se vocês tiveram outra indicação que eu poderia ter inserido na lista, deixem nos comentários.

*Todas as sinopses foram retiradas do site Adoro Cinema.

1. Quarto de Guerra

Sinopse: Elizabeth (Priscilla Evans Shirer) e Tony (T.C. Stallings) formam um casal em crise de relacionamento. A filha pequena percebe que ambos estão à beira do divórcio, mas eles não conseguem chegar a um acordo. Um dia, Elizabeth conhece uma mulher idosa que lhe apresenta o poder da oração e, a partir deste momento, a jovem mãe decide depositar a sua fé nas preces divinas.



2. Você Acredita?

Sinopse: Um pastor encontra por acaso um mendigo que prega a palavra de Deus pelas ruas e decide colocar a sua fé em ação, ajudando diversas pessoas. Logo a vida de uma dezena de indivíduos se cruza, fazendo com que todos descubram o poder da cruz de Cristo.

    

3. Até o último homem

Sinopse: Durante a Segunda Guerra Mundial, o médico do exército Desmond T. Doss (Abdrew Garfield) se recusa a pegar em uma arma e matar pessoas, porém, durante a Batalha de Okinawa ele trabalha na ala médica e salva mais de 75 homens, sendo condecorado. O que faz de Doss o primeiro Opositor Consciente da história norte-americana a receber a Medalha de Honra do Congresso.


4. Deus não está morto 1

Sinopse: Quando o jovem Josh Wheaton (Shane Harper) entra na universidade, ele conhece um arrogante professor de filosofia (Kevin Sorbo) que não acredita em Deus. O aluno reafirma sua fé, e é desafiado pelo professor a comprovar a existência de Deus. Começa uma batalha entre os dois homens, que estão dispostos a tudo para justificar o seu ponto de vista - até se afastar das pessoas mais importantes para eles.


5. Deus não está morto 2

Sinopse: Grace Wesley (Melissa Joan Hart) é uma professora cristã que, ao responder uma pergunta feita por uma de suas alunas, Brooke (Hayley Orrantia), acaba falando sobre Jesus Cristo em plena sala de aula. Tal situação lhe rende um processo administrativo impulsionado pela diretora Kinney (Robin Givens), que não quer que assuntos religiosos sejam tratados dentro da escola. Após se recusar a pedir desculpas pelo ocorrido, Grace é processada pelos pais de Brooke, que acreditam que a polêmica em torno do julgamento possa facilitar a entrada da garota em uma universidade de prestígio.


É isso! Espero que vocês tenham gostado. Vocês assistiram algum desses? Deixem nos comentários suas opiniões.


17 abril 2017

[Devocional] O que é o amor?

Diante dos últimos acontecimentos que tornaram-se públicos nas mídias sociais,  comecei a refletir porquê algumas mulheres apesar de sofrerem humilhações públicas/privadas continuam a aceitar os maus tratos.

Conversando com algumas pessoas e lendo também, obtive várias teorias: dependência física/emocional/financeira e/ou cegueira (você não enxergar aquilo que realmente acontece com você e a sua volta).

Algumas mulheres que sofrem dizem ‘mas eu também faço isso/aquilo...’ como se houvesse justificativa para qualquer tipo de mal trato. Não querida, não há justificativa para seu sofrimento e nem qualquer tipo de agressão, Deus não nos fez inferiores aos homens e nem dignas de sofrimento. Tem uma passagem na bíblia que gosto muito, ela demonstra a atenção, consideração e amor que Jesus Cristo tratou uma mulher. A passagem a qual me refiro é sobre a mulher samaritana, que está em João 4.

Jesus e seus discípulos retiraram-se da Judéia em direção à Galileia. Para chegar à Galileia, era necessário passar por Samaria, mas os Judeus costumavam fazer um caminho diferente para evitar o território dos samaritanos, no entanto Jesus e seus discípulos fizeram diferente, eles pararam em uma cidade samaritana chamada Sicar por volta do meio dia. Vide mapa abaixo.

Fonte: http://www.missaojovem.org/biblia-online/mapas-biblicos/

Creio que tudo que acontece conosco é um plano de Deus e com a mulher samaritana não foi diferente, os discípulos de Jesus foram até a cidade comprar alimentos e Ele ficou sentado na fonte de Jacó, e então apareceu a mulher samaritana para tirar água, para a surpresa dela, Jesus pediu água, digo surpresa porque os Judeus não falavam com os samaritanos e além disso ela era mulher, não era de costume conversar com mulheres em público.

João 4:9 Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão bem com os samaritanos)?

E Jesus então responde: João 4:10 Replicou-lhe Jesus: Se conheceras o dom de Deus e quem é o que te pede: dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva. 14: aquele, porém que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna.

Jesus tinha por objetivo salvar a alma daquela mulher para a vida eterna, Ele não parou naquela fonte e ficou sozinho por acaso, Ele sabia que a mulher samaritana iria aparecer ali para buscar água, Ele sabia da vida dela, do seu sofrimento e ficou ali, parado, ao meio dia à espera de uma mulher samaritana cheia de pecados, pronto para mostrar a ela que Ele é onisciente, o grande Eu Sou, aquele que veio para salvar e mostrar o verdadeiro amor, aquele capaz de dar a vida por nós.

Não era costume das mulheres samaritanas buscarem água no horário de meio dia por causa do sol, entende-se que essa mulher samaritana foi nesse horário para não ter contato com as outras mulheres, por conta da sua má reputação. 

A mulher samaritana pede a Jesus essa água, e Ele diz: João 4:16 ‘Disse-lhe Jesus: Vai, chama teu marido e vem cá; 17: ao que lhe respondeu a mulher: Não tenho marido. Replicou-lhe Jesus: Bem disseste, não tenho marido; 18: porque cinco maridos já tiveste, e esse que agora tens não é teu marido; isto disseste com verdade.

Os samaritanos também estavam esperando a chegada do Messias, Jesus então faz algo muito especial, Ele se revela à uma mulher e ela crê Nele:

João 4:25-26 ‘Eu sei, respondeu a mulher samaritana, que há de vir o Messias, chamado Cristo; quando ele vier, nos anunciará todas as coisas. 26: Disse-lhe Jesus: Eu o sou, eu que falo contigo.

A mulher creu que Ele é Jesus Cristo e anunciou na cidade que Ele é o Messias.

Nessa passagem consigo perceber momentos muitos especiais:

1.     Jesus sabendo dos pecados da mulher samaritana fica à sua espera para lhe mostrar que Ele é o Messias, o Salvador de toda terra;
2.     Mesmo ela sendo pecadora e não ser aceito conversar com samaritanos e nem com mulheres em público, Cristo o fez por amor à aquela alma;
3.     Jesus mesmo sendo conhecedor de todos os atos daquela mulher, ainda assim teve compaixão;
4.     Jesus em todos os momentos a tratou com respeito, atenção e amor. 
5.     Mesmo sabendo que ela não tinha marido, esperou que ela assim o falasse, e mostrou a mulher samaritana que Ele é onisciente.

Mulheres, digo à vocês que Jesus nos amou primeiro e não há amor maior do que esse e nunca haverá. Quem morreria por você em uma cruz sabendo que você é o culpado das acusações e não ele? Quem sabendo de todos os seus pecados, todos seus pensamentos bons ou ruins ainda assim pararia para conversar com você publicamente? Quem te amaria de tal forma? Só o amor de Jesus para suportar todos os nossos pecados. Não há amor maior.

Então não permita que venham a te maltratar, invadir seu corpo e sua mente. Jesus te ama, te respeita (te deu o livre arbítrio, lembra?) e Ele quer viver a eternidade com você, Deus te criou, Ele te conhece mesmo antes de você nascer, sabe de todos os teus passos, todos teus pensamentos e Ele somente deseja que você aceite à Cristo como seu Salvador, se esta for sua vontade, afinal foi isso que Ele veio fazer, Ele veio te salvar para viver na morada do Pai eternamente.

Sempre que alguém te maltratar ou você sofrer qualquer tipo de agressão, lembre-se: Jesus Cristo me amou primeiro, morreu por amor à mim, amor maior não há. E não cale-se, denuncie e busque sempre ao Senhor, Ele preencherá o vazio que há em teu coração e sim, você viverá feliz todos os dias porque terás a certeza da salvação/vida eterna.

Que Deus esteja com vocês todos os dias de vossas vidas.




15 abril 2017

[DIY] Marca páginas com tassel



Olá pessoal,

Hoje não trago uma resenha, mas sim um DIY (Do It Yourself) ‘Faça você mesmo’, essa é a primeira postagem de DIY no blog. No vídeo mostro como fazer um marca páginas para livros com tassel, não lembro onde vi um tassel, mas gostei muito e achei que ficaria lindo em um marca páginas, então criei um marca páginas do blog e outro sem títulos para que vocês pudessem fazer o download.
Faça o download do marca páginas clicando abaixo  

                                DOWNLOAD

Assista ao vídeo e deixe sua opinião nos comentários. O que você achou do primeiro DIY do blog?

Vídeo






 Beijos